Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Não perdi nada

    

 

“...E de novo acredito que nada do que é importante
 
se perde verdadeiramente.
Apenas nos iludimos,
 
julgando ser donos das coisas,
 
 
 
dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei,
 
todos os amigos que se afastaram,
 
 
 
todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada,
 
apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares
 

 

(foto retirada da net)

 

publicado por id às 21:43

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De maripossa a 20 de Janeiro de 2009 às 21:35
OLÁ AMIGA! GRANDES SÃO AS PALAVRAS E DE GRANDE SENTIDO,COMO TAL EU NÃO ME AFASTEI...SÓ NÃO TENHO TIDO MUITO TEMPO,O TRABALHO.
BEIJINHO DE AMIZADE LISA
De id a 21 de Janeiro de 2009 às 16:11
Obrigada Querida amiga Lisa,
O Miguel Sousa Tavares não é uma das pessoas que cá gosto muito, mas por vezes tem algumas bem acertadas.
A vida é assim mesmo, tanto tira como dá. O importante é sempre o que fica cá dentro.
Uma Excelente Semana de Trabalho.
Bjinho .
De ónix a 9 de Fevereiro de 2009 às 23:26
Maravilhosas, as palavras... Miguel Sousa Tavares no seu melhor... e como só ele sabe escrever!
Bjocas
De id a 12 de Fevereiro de 2009 às 09:58
É verdade amiga, palavras maravilhosas.
Grande escritor.


Um bom fim de semana antecipado.
bjihno.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Sem as ver...

. Sorri...

. Bom dia Primavera!

. Hoje saí muito cedo...

. O que me dói...

. A tua eternidade.

. sonho

. Voa, meu sonho...

. Não perdi nada

. A neve caiu...

. Nada sei.

. Quem passou...

. O caminho...

. O canto do pássaro

. Essa lembrança...

. A Borboleta e a Flor

. O Mar

. A ti Mãe

. Orvalho

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

.links