Domingo, 5 de Abril de 2009

Sem as ver...

 

 

 

 

 

Passamos pelas coisas sem as ver,
gastos, como animais envelhecidos:
se alguém chama por nós não respondemos,
se alguém nos pede amor não estremecemos,
como frutos de sombra sem sabor,
vamos caindo ao chão, apodrecidos.
 
Eugénio de Andrade
 

(foto retirada da net) 

publicado por id às 13:20

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De ónix a 31 de Maio de 2009 às 22:51
Breve resumo da vida...
Bjinhos
De id a 1 de Junho de 2009 às 19:58
É mesmo caso para dizer gastos, cansados pelas exigências da vida.
bj e obrigada por ter passado por aqui.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Sem as ver...

. Sorri...

. Bom dia Primavera!

. Hoje saí muito cedo...

. O que me dói...

. A tua eternidade.

. sonho

. Voa, meu sonho...

. Não perdi nada

. A neve caiu...

. Nada sei.

. Quem passou...

. O caminho...

. O canto do pássaro

. Essa lembrança...

. A Borboleta e a Flor

. O Mar

. A ti Mãe

. Orvalho

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

.links